Início > Automóveis, Informática > Porsche – Um milhão de Fãs

Porsche – Um milhão de Fãs

Esta semana estive a conversa com um grupo de jovens sobre as redes sociais e o impacto que elas podem ter na sociedade. Hoje o Facebook conta com cerca de 600 milhões de membros e continua a crescer. Graças ao Facebook podemos continuar em contacto com os nossos amigos e em alguns casos com os fãs. E é aqui que a Porsche entra, é que o grupo de fãs da Porsche no Facebook conseguiu angaria o extraordinário número de um milhão de fãs acho que nem o Cristiano Ronaldo consegue esse número.

 

Como motivo de agradecimento aos seus fãs a marca de Zuffenhausen  decidiu organizar uma exposição especial em Stuttgart onde mostra uma estrela especial, nada mais e nada menos do que um Porsche 911 GT3 R Hybrid onde se pode ver o nome de 27mil fãs (espero que o meu nome esteja lá estampado).

Confesso que nunca achei piada a híbridos, mas este Porsche 911 GT3 R Hybrid faz com que da minha cabeça desapareçam nomes como… Toyota Prius. E reparem bem o porque: Motor Boxter de 6 cilindros e 4L de cilindrada e 480cv, claro que está acoplado onde a Porsche sempre nos habituou, ou seja, mesmo atrás sobre o eixo traseiro. No eixo dianteiro encontramos não um mas sim dois motores eléctricos com cada um a desenvolver 60 KW, mais ou menos 80,5cv. Uma particularidade interessante é que estes motores não são alimentados por baterias, mas sim por um acumulador que vai recargando quando o carro está a travar, aproveitando a energia dissipada das travagens.

Segundo a Porsche, o 911 GT3 R Hybrid foi o escolhido para esta campanha de angariação de assinaturas, pois impressionantemente encarna a definição de automóvel desportivo por parte da Porsche.

Este 911 GT3 R Hybrid já deu cartas na competição mostrando que o futuro está ao virar da esquina.

  1. eu
    Fevereiro 22, 2011 às 2:29 pm

    Mokas… o que tens contra a Toyota?
    sinceramente este carro que apresentas de híbrido só deve ter o nome, por isso não estou a ver qual é a piada.

    • Fevereiro 22, 2011 às 3:02 pm

      E porque dizes que de híbrido é só o nome? Fica aqui a definição de automóvel Híbrido.
      “Automóvel híbrido- Um automóvel híbrido é um automóvel que possui um motor de combustão interna, normalmente a gasolina e um motor eléctrico que permite reduzir o esforço do motor de combustão e assim reduzir os consumos e emissões.” in Wikipedia.

      Bem, este é a gasolina e tem motores eléctricos que ajudam a reduzir as emissões CO2, logo é híbrido no nome e na prática.😉

      Quanto à piada, já é dos gostos automobilísticos de cada um. Pessoalmente só queria este carro para fazer umas corridinhas, que é o propósito dele.

    • Fevereiro 22, 2011 às 3:15 pm

      hehehe eu, quer dizer tu, contra a toyota não tenho nada, mas formos a ver todos os híbridos da tpypta são carros sem sal, tipo repartição das finanças.
      Se leres bem este porsche tem dois motores eléctricos a frente que funcionam como pequeno bost, tipo um Kerns.

  2. Miguel
    Fevereiro 22, 2011 às 2:32 pm

    Boas…. sem duvida um artigo bom e com qualidade e para nao falar da marca que é sem duvida de excelencia e proporcionar carros hibridos é de louvar…. ainiciativaé excelente que só mesmo esta marca a pode fazer….

  3. André Costa
    Fevereiro 22, 2011 às 4:14 pm

    É nestas pequenas coisas que se vem uma grande marca…
    Alguém sabe se vai a leilão ou algo do genéro?

    Mokas, só um reparo o CR7 tem 20.344.128 (ás 16:14 de 22 de Fev)😉

  4. Bruno Oliveira
    Fevereiro 22, 2011 às 9:14 pm

    E no meio disto há uma coisa que não se perde.. o feeling Porsche. O de guiar um carro com o motor bem lá atrás… de ouvir o “gorgulho” do boxer-6… e saber que no final de
    contas temos é um “faísca”, hehe.
    Como peça de engenharia o 911 contínuar a ser um marco… o carro que era o coveiro de serviço dos anos 70, que sempre foi, aos olhos da leis da física, “engenheirado ao contrário”,
    hoje em dia usa os novos recursos energéticos com sucesso, enquanto os outros super-carros, que supostamente eram os “bem feitos”, ainda andam a ver se entram no barco.

  5. JRodrigues
    Fevereiro 23, 2011 às 1:11 pm

    Parabéns à Porsche!
    Depois, é pá, apesar de conduzir um primo (muiiiito) mais afastado do Porsche, não posso deixar de louvar a Toyota (por todos aqueles maravilhosos milhares de KMs)!
    Gostos, não se discutem, e isso é ponto assente..
    Mas há uma coisa que não se pode fazer: não comparem Desportivos com Familiares!..
    Vá lá, deixem-se de coisas, porque, se o Prius é sem sal (e é suposto), também não faz mal ao estômago (entenda-se carteira)… Por outro lado, o Porsche dá, CLARO, aquela estaleca do Sal, e eleva a tensão, mas… Para quem tem estômago que aguente, claro!…
    Eu sei, somos todos “levados da breca” pra ouvir o rugido da gasolina, sentir a adrenalina da velocidade, aceleração, etc.
    Mas eu não posso deixar de pensar que este bonito passo da Porsche é, e sempre será, insuficiente ou até desnecessário… A Gasolina (ou qualquer outro combustível, fóssil ou não) deveria ser erradicada como fonte de energia para qualquer veículo… Não vai dar tanta pica, pois não, mas para isso também há o Snowboard, a Queda livre, etc!😀

    Abraço a todos, em especial à “Irmandade do Anel” !!😀 TDi Power!

    • Fevereiro 25, 2011 às 1:12 am

      gosto dos teus pontos de vista, mas repara eu não fiz tal comparação.
      Ao ter dito que me fazia esquecer o toyota prius foi pelo facto de não gostar da tecnologia híbrida pois o que dizem que ela veio para poupar combustível e ser ais amiga do ambiente e já houve testes a mostrarem o contrario.
      Se a honda consegue criar alguns híbridos com carisma, a BMW, a Mercedez o grupo audi também tem na calha híbridos com base nos carros actuais, porque a toyota tem de ter o amorfo do prius? porque não aproveita o projecto que esta a ter em parceria com a subaru em criar o tão aclamado (e diga-se de passagem muito bonito) FT-86 e juntar ao motor boxer um motor eléctrico? axo que poderia dar alguns frutos, mas isto sou eu que ando por aqui a divagar🙂
      Não considero este passo da porsche insuficiente, mas sim um ponto de viragem.

      Tdi é muito bonito, tem binário em baixas, em alguns casos quando o turbo é pequeno morre em altas, é poupado e anda, mas a gasolina é aquela paixão, mas como tudo, o que sempre deu prazer é proibido🙂 e temos de ver que hoje em dia os motores de combustão a gasolina estão a evoluir graças ao downsizing das suas cilindradas e claro ajuda de um turbo e no caso do Golf V para alem do turbo tem um compressor que garante elasticidade desde baixas, medias e altas.
      Um abraço do british para a irmandade germânica DOS anéis hehehe

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: