Início > Lazer > E o Óscar vai para…

E o Óscar vai para…

Por André Costa

Continuando a nossa “viagem” pelos principais candidatos aos óscares 2011.

Despojos de Inverno

Despojos de inverno, obtém uma classificação de 7.4/10 no IMDB, é um filme realizado por Debra Granik, que regressa as longas metragens passado 6 anos, e logo com 4 nomeações para os Óscares, onde junta à nomeação para Melhor Filme, o de Melhor Argumento, o de Melhor Actriz Principal para Jennifer Lawrence e de Melhor Actor Secundário para John Hawkes .

Este filme conta-nos a história de uma jovem de 17 anos, Ree Dolly(Jennifer Lawrence), que com um pai ausente e uma mãe em depressão, mantém a família unida numa área de terra rural pobre. Ela é surpreendida, quando o xerife local a informa que o pai colocou a sua casa como garantia para a fiança dele e se ele não aparecer para o seu julgamento no prazo de uma semana, eles vão perder tudo. Começa então numa incessante procura pelo seu pai, mesmo sabendo que ele está envolvido no tráfico de drogas local e numa fábrica metanfetamina, mas em todos os lugares que ela vai a mensagem é sempre a mesma: ficar de fora e parar de meter o nariz nos negócios dos outros. Ela recusa-se a ouvir, mesmo depois que o irmão do seu pai, lhe diz que, provavelmente, ele fora morto. Ela insiste, colocando a sua própria vida em perigo, pela sua família até que a verdade, ou o algo, seja revelado.

Os Miúdos Estão Bem

Por último temos Os Miúdos Estão Bem, a única comédia deste lote de nomeados que recebe uma classificação de 7.3/10, tem no seu elenco principal Annette Bening, Julianne Moore e Mark Ruffalo. Eles personificam um trio improvável, de um casal de lésbicas, Nic (Annette Bening) e Jules (Julianne Moore) e um dador de esperma Paul (Mark Ruffalo). Nas quatro nomeações para esta gala

encontram-se também a nomeação de Mark Ruffalo para Melhor Actor Secundário e de Annette Bening para Melhor Actriz Principal. Nic e Jules estão casadas e partilham uma acolhedora casa no Sul da Califórnia com os seus filhos adolescentes, Joni (Mia Wasikowska) e Laser(Josh Hutcherson). À medida que Joni se prepara para partir para a Universidade, Laser, com 15 anos, pressiona-a para que lhe faça um grande favor: que o ajude a encontrar o pai biológico de ambos – foram concebidos através de inseminação artificial. Embora algo contrariada, Joni honra o pedido do irmão e consegue entrar em contacto com o “bio-pai” Paul, um bem-disposto empresário da restauração. Dão por si atraídos pelo estilo descontraído do solteirão – especialmente em contraste com Nic, uma médica de princípios que há muito estabeleceu as regras lá em casa. Jules, que tem andado à procura de uma nova carreira em paisagismo, sente também uma empatia com Paul e à medida que ele vai entrando nas suas vidas, um novo e inesperado capítulo inicia-se para todos, ao mesmo tempo que laços familiares são definidos, redefinidos e re-redefinidos.

Espero que gostem desta nova rubrica, que a partir da próxima semana passará a abordar as estreias da semana cineasta, que para quem não sabe começa à quinta-feira em Portugal.

Podem consultar a lista de nomeados aqui

Bons filmes…

  1. André Rocha
    Fevereiro 27, 2011 às 1:57 am

    Ainda bem que não aderiste ao novo acordo ortográfico🙂
    Mete-me tanto nojo ver escrito ATOR E ATRIZ …
    Só em Portugal…

    PS: Estou a torcer pelo INCEPTION!

  2. André Rocha
    Fevereiro 28, 2011 às 2:51 am

    inception a bombar🙂

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: